quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Até que o papa morra

João Santos: mas rapaz,
você sabia que o mapa que aprendemos na escola
está completamente errado?
Igor Barbosa: desconfiava.
algum indício mais óbvio?
João: aparentemente ele foi desenhado por imperialistas eurocentricos que buscavam encolher os países do terceiro mundo
e aumentar o tamanha dasorópa
Igor: HAHAHAHAHAHA
João: essa foi minha reação inicial também
até que... see for yourself
http://en.wikipedia.org/wiki/Mercator_projection
esse é o mapa tradicional
Igor: ah, a projeção de mercator
João: esse seria um mapa mais correto:
http://en.wikipedia.org/wiki/Gall-Peters_projection
confira o tamanho monstruoso da África e da América do Sul
o Brasil tá maior que a China nesse mapa
Igor: "The Gall-Peters achieved considerable notoriety in the late 20th century as the centerpiece of a controversy surrounding the political implications of map design"
João: sim
Igor: parabéns, Descartes, você venceu
João: a questão é que o mapa Mercator infla o tamanho de terras para o norte e sul do equador enquanto no mapa maluco (o segundo) o tamanho de cada continente representa sua área real, sem distorções
pelo menos é o que diz a wikipedia
e a wikipedia nunca mente.
Igor: isto é um argumento.
João: se tivessem redesenhado o mapa
e dissessem "Hey, pessoal, parece que estivemos errados esse tempo todo! ha ha! Que loucura!"
não causaria confusão
o que causa confusão é...
well, vou citar aqui pra você o que a wikipedia diz
"The Mercator projection increasingly inflates the sizes of regions according to their distance from the equator. This inflation results, for example, in a representation of Greenland that is larger than Africa, whereas in reality Africa is 14 times as large. Since much of the technologically underdeveloped world lies near the equator, these countries appear smaller on a Mercator, and therefore, according to Peters, seem less significant. On Peters's projection, by contrast, areas of equal size on the globe are also equally sized on the map. By using his "new" projection, poorer, less powerful nations could be restored to their rightful proportions."
Igor: mas isso é um fato conhecido, que é impossível projetar uma esfera num plano com completa precisão
João: O que o mapa diz é "Tá vendo como você é minúscula, sua Europa prepotente??? CURVE-SE PERANTE THE MIGHTY WRATH OF AFRICA."
Igor: não só temos pênis maiores, nossas nações são maiores também
João: mas hey! isso significa que o Brasil é maior também
uhu!
Igor: por justiça, nosso time de futebol tem que entrar com 14 jogadores na próxima copa do mundo
João: amém
aliás, onde está nossa cadeira no Conselho de Segurança da ONU?
somos maiores que a China e os EUA! Somos quase do tamanho da Rússia!
Igor: vamos pegar os EUA na saída podemos roubar o lanche da europa inteira
João: hehehehe
Que século chinês o quê
a próxima mega-potência será o BRASIL
nossos deputados roubarão verbas para a construção de escolas NA AUSTRÁLIA
Antônio Carlos Magalhães VI vendeu segredos nucleares em troca de quatro concessões de rádio na Bahia!
o presidente do senado foi acusado de incitar guerras civis na Europa central!
Senhor Jesus, proteja o mundo de um dia o Brasil adquirir qualquer medida de poder.
Igor: Nah. Esta grande nação católica liderará o mundo no alvorecer da nova Cristandade
ou isso, ou o mundo inteiro dançará o tchan embaixo das cimitarras muçulmanas
mas isso eu digo: se sobrevivermos aos muçulmanos, o Brasil liderará a reconquista e a nova cristandade
João: Melhor ainda: a maior população pentecostal do planeta (hey, that's us!) fará do mundo sua paróquia
sim, eu sei que usei uma expressão metodista para descrever nossa conquista do globo
mas what the hell, somos cria dos metodistas mesmo
John Wesley influenciou, sozinho, a teologia das igrejas pentecostais mais do que qualquer autor pentecostal, vivo ou morto
Igor: hey, até que o papa morra e outro não assuma
o termo "paróquia" é de origem católica
João: sim, sim, eu sei.
hehe.

Um comentário:

R. M. Ben disse...

Quando vocês pubicavam um texto por mês, vários comentários. Agora que os textos estão quase diários (continuem!), ninguém mais comenta!

ironias